Cuidados para um DIY seguro | Especies

Cuidados para um DIY seguro

Publicado: 10/09/2019

Eu sempre amei receitinhas caseiras, e aposto que você também deve gostar. Existem alguns conhecimentos que são antigos e que são um baita quebra galho quando a gente não está afim de gastar com produtos prontos.
Mas existem alguns riscos em se fazer cosméticos em casa, e hoje vamos listar alguns para você garantir sua segurança em primeiro lugar.

Cuidados para um DIY seguro

Eu sempre amei receitinhas caseiras, e aposto que você também deve gostar. Existem alguns conhecimentos que são antigos e que são um baita quebra galho quando a gente não está afim de gastar com produtos prontos.
Mas existem alguns riscos em se fazer cosméticos em casa, e hoje vamos listar alguns para você garantir sua segurança em primeiro lugar.

Tônicos feitos com chás:
Infusões de ervas são realmente águas de beleza, cada planta tem suas propriedades e um chá pode conter uma infinidade de ativos naturais. Por exemplo: chá verde é um excelente antioxidante, camomila ajuda a acalmar pele irritada, calêndula é cicatrizante, e por aí vai.
Mas a grande questão é: uma infusão cheia de água e nutrientes é também um convite a todo tipo de microrganismos e pode contaminar muito rapidamente sem um conservante seguro. Então lembre-se: faça o chá no dia que for usar, e se sobrar muito, guarde na geladeira por no máximo 3 dias.

Esfoliantes
Você é daquelxs que saí roubando o café, açúcar, fubá da mãe para esfoliar a pele (eu sempre fui, rs), saiba que esfoliar a pele é realmente muito importante para desobstruir os poros, melhorar a textura e até manter a pele mais limpa, mas para realizar uma esfoliação segura, é necessário que os grânulos tenham um formato e tamanho adequados que não agridam sua pele ou estimulem demais as glândulas sebáceas (que produzem a oleosidade da pele).
Um exemplo muito utilizado é o açúcar branco, que alguns dermatologistas e médicos já apontaram como não indicado para essa prática, já que o açúcar é pontiagudo e pode criar micro lesões na pele (deixando-a irritada e exposta). Uma alternativa bem legal é fazer uma esfoliação com argila rosa misturada a algum umectante (como glicerina vegetal, por exemplo), ou então uma esfoliação com aveia e leite de coco para peles mais sensíveis.  


Óleos essenciais
São sem dúvida os mais amados e citados por conteúdos que falam sobre beleza natural: ricos em ativos e benefícios para pele, essa matéria prima pode ser também bastante perigosa:
Isso porque óleo essencial é uma substância extremamente concentrada, e pode ser altamente tóxica se for utilizada em grandes doses. Lembre-se que alguns óleos essenciais cítricos são fototóxicos, e portanto devem ser retirados da pele antes de se expor ao sol.
Então nossa dica é: para pele do rosto utilize a concentração máxima de 0,5% de óleo essencial diluído em uma base (óleo, creme, gel) e 1% para pele do corpo. Faça também um estudo prévio sobre as funções e especificidades do óleo que você escolher, para evitar efeitos indesejados.


Saiba mais aqui: http://aromaflora.blogspot.com/2011/08/oleos-essenciais-e-fototoxidade.html


Voltar